Autoestima e experiências de vida

16 outubro 2017

Olá chiquérrimas e chiquérrimos, tudo bom?

Aqui no Blog quero conversar com vocês sobre temas que não discuto no canal Gabrielachiq do Youtube, inclusive sobre relacionamento, vida pessoal e a minha visão sobre vários temas.




Hoje gostaria de conversar sobre autoestima, relacionamento afetivo e as experiências de vida que isso nos traz. Digo para vocês que sempre tive vários problemas com relacionamentos amorosos desde a minha adolescência, o fato de sempre me achar um “patinho feio” fez com que eu nunca me achasse capaz de namorar o menino que eu gostava, nunca tinha coragem de correr atrás dessas paixões sabe, pois eu sempre me achava feia e sendo assim, na minha cabeça eu não seria capaz de “conseguir” namorar um rapaz que gostasse, pois eu não chegava aos “pés dele”...

Então, hoje eu vejo o quanto pensar dessa forma me atrapalhou na minha vida adulta, pois sempre dei abertura aos homens para ser escolhida e não eu escolher o meu par. Na minha cabeça era como se os homens tivessem fazendo um favor de se interessar por mim! Olha o absurdo! A visão de NADA que eu tinha sobre mim mesma era no ponto máximo!

E o que aconteceu?

Não tive bons relacionamentos, vou até dizer uma frase clichê aqui, mas quando você não se ama, também não consegue amar o outro, e isso é bem verdade!
E também outra coisa, que eu esqueci de citar aqui foi que quando fiz 24 anos, comecei a “noiar” com a ideia de ficar “encalhada”. Achava que nunca ia conseguir casar, que ia ficar para titia, pois eu era única da turma que ainda não tinha casado, sabe essas coisas de mulher desesperada, então, eu também já pensei assim...

Hoje vejo que dá para ser feliz sozinha sim, que temos que ter ao nosso lado somente uma pessoa que soma na nossa vida e que devemos fugir de relacionamentos abusivos. Coisas que antes eu não pensava...

Com o passar do tempo as experiencias vão nos mudando e a maturidade vai ensinando a pensar antes de agir.

O processo de cortar os cabelos alisados e passar pela transição capilar fez com que eu me olhasse de forma diferente e entendesse que a cada pessoa tem sua beleza.
Só porque eu não tenho um cabelo liso, não sou loira nem alta, isso não significa eu seja feia! A beleza não é somente de uma etnia!

Esses estereótipos sempre permearam a minha vida e por conta disso, eu sempre me comparava com as outras pessoas e automaticamente me colocava pior que as outras meninas e mulheres que eu via e convivia.

Autoestima é algo que precisa ser trabalhado diariamente, pois ela faz toda diferença nas nossas escolhas como eu contei lá em cima, e eu trabalho a minha todos os dias...

Tem uma pessoa que me ajudou muito nesse processo todo que é a escritora Vanessa de Oliveira, ela dá dicas de autoestima para mulheres.

Ela sempre tem dicas práticas que podem ser usadas no nosso dia a dia sobre relacionamento amoroso e autoestima. Gosto de pessoas com histórias de vida de superação e que utilizam essas experiências para mudarem suas vidas e a Vanessa tem uma história de vida incrível!

Para quem se interessou, recomendo as redes sociais dela:

👉www.vanessadeoliveira.com.br
👉contato@vanessadeoliveira.com.br
👉instagram.com/vanessadeoliveir/

Ah, e essa recomendação não é jabá não, eu recomendo porque eu gosto mesmo do trabalho dela! Ok



Significado da palavra autoestima: qualidade de quem se valoriza, se contenta com seu modo de ser e demonstra, consequentemente, confiança em seus atos e julgamentos.

Gostaria de saber um pouquinho da história de vocês com a autoestima, me conta aqui nos comentários.

Beijão!!